Como fazer Mapas Mentais de Forma Prática e Organizada

  • Raquel Medeiros
    Raquel Medeiros
    05/06/2020 . min de leitura
Mapas mentais

Como fazer um mapa mental sem medo de errar e ter que começar tudo de novo ou ter que reduzir a letra para caber aquele tópico no cantinho?

Essa noção espacial fica mais complicada fazendo a mão, é verdade. Mas saiba, existem alternativas.

Muitas pessoas não sabem ou não possuem tanta intimidade com as ferramentas digitais, mas isso muda agora.

A CACDista Raquel Medeiros, Mestre em Educação e Pedagoga pela UERJ se tornou ceacdista depois dos 30 e compartilha seus aprendizados em seu perfil do insta, @raq_medeiros.

Hoje ela trouxe um tutorial prático e um textinho especial para você fazer um mapa mental organizado e que vai deixar suas revisões mais práticas e intuitivas.

A importância dos mapas mentais para um estudo efetivo


O mapa mental é uma técnica de estudos indicada para quem aprende melhor de forma visual. Foi criada no final dos anos 1960 por Tony Buzan, um escritor inglês.

Serve para dar uma visão geral de um tema, associando todos os subtemas possíveis ao assunto central.  Ele ajuda a memorizar dados, organizar informações e acessar a matéria de forma mais rápida.

Não há uma maneira única para fazer um mapa mental, mas existem alguns pontos em comum entre os diversos tipos. Em primeiro lugar, o tema deve ficar em destaque na folha, pois é a partir dele que outros elementos serão inseridos.

É possível fazer uso de setas, gráficos, imagens, símbolos, quadros, cores e balões. O essencial é fazer conexões de  referências e dados ao tópico central. As setas, por exemplo, ajudam a ligar as referências ao enunciado e imagens auxiliam na memorização dos conteúdos. É importante, também, para resumir e tirar guardar o fundamental de um período de estudo.

Os mapas mentais exercitam a memória, desenvolvem a criatividade e o raciocínio lógico, aprimoram a capacidade de solucionar problemas e possibilitam a apropriação do conhecimento. É uma excelente ferramenta para os cacdistas, principalmente para o TPS, que exige o domínio de inúmeros assuntos, de diversas disciplinas.

E não é necessário ter várias canetas nem saber lettering para fazer um mapa mental. É possível fazê-lo no Word, um programa que deve ser um velho conhecido da maioria dos cacdistas. É isso que mostra o vídeo a seguir.

Veja agora o tutorial:

Bons estudos!

Gostou da dica? Compartilhe com um amigo! 🙂


  • Raquel Medeiros
    Raquel Medeiros

    Raquel Medeiros é Doutoranda em Ciências Sociais e pedagoga. Tornou-de ceacdista depois dos 30 e compartilha seus aprendizados em seu perfil do insta, @raq_medeiros.


Raquel Medeiros
Raquel Medeiros

Raquel Medeiros é Doutoranda em Ciências Sociais e pedagoga. Tornou-de ceacdista depois dos 30 e compartilha seus aprendizados em seu perfil do insta, @raq_medeiros.