Como ser um diplomata?

  • Clipping
    30/01/2019 . 4 min de leitura

Para ser um diplomata é preciso ser aprovado no Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) e ter qualquer curso superior reconhecido pelo MEC. Além disso, é preciso preencher alguns requisitos formais previstos no Edital do CACD para a investidura no cargo de diplomata.

Neste artigo, abordaremos de forma bem objetiva as respostas algumas perguntas básicas buscadas por pessoas que se fazem a pergunta: “Como ser um diplomata“?

Falaremos das:

  1. Condições para ser um diplomata
  2. Perfil para ser um diplomata
  3. Conclusão e outras leituras

Vamos ao post! 😉

1. Condições para ser um diplomata

No Brasil, o recrutamento de diplomatas é feito por meio de concurso público com um formato bastante peculiar: o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD).

Além da aprovação no CACD, há requisitos básicos para investidura do cargo de diplomata. Esses requisitos são apresentados no Edital do CACD. Veja a foto abaixo do trecho do Edital do CACD de 2018 em que são listados as condições para ser um diplomata:

Ah, Clipping. Não curto ler Editais. Dá para simplificar o que está escrito acima?

Dá sim.

Para ser diplomata é preciso:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ser brasileiro nato;
  • Estar em dia com obrigações eleitorais (candidatos e candidatas)
  • Estar em dia com as obrigações militares (apenas candidatos do sexo masculino)
  • Ter formação em qualquer curso superior (não importa qual!)

Basicamente, o principal requisito é que o diplomata em algum curso superior.

Reforçando, não é preciso ter um curso superior específico para ser um diplomata. Basta que o curso superior em questão seja devidamente reconhecido pelo MEC.

💡 Curso superior de tecnólogo vale?

Os Editais do CACD não dispõem expressamente sobre cursos de tecnólogo são aceitos.  O site do Instituto Rio Branco diz que: “o candidato deve estar atento ao que especifica o edital do concurso e ver se seu diploma se enquadra nos requisitos ali descritos. O candidato poderá também consultar a área do Ministério da Educação responsável por essa avaliação”.  De forma bem sutil, o que o Itamaraty faz sobre essa questão é “passar a bola para o MEC”, que, por sua vez, estabelece na Resolução CNE/CP nº 3, que a formação de tecnólogo é, sim, uma formação superior, para todos efeitos.


2. Qual o perfil para ser um diplomata?

Embora qualquer candidato que tenha passado pelo CACD e que tenha um curso superior possa ser um diplomata, nem todo mundo tem perfil para ser um diplomata.

Embora a visão mais difundida da carreira diplomática seja aquela do diplomata “Ferrero Rocher” em meio a celebridades e suntuosas festas, a realidade e o dia a dia do diplomata é bem diferente. Há um post clássico e bem humorado escrito por um diplomata sobre os motivos por que não ser um diplomata.

De acordo com o ex-Diretor do Instituto Rio Branco, Sérgio Barreiros,

O mais importante para ser um diplomata é ter a capacidade de aprender rápido e constantemente. Para ser um diplomata, é preciso que a pessoa saiba saiba identificar e avaliar questões criticamente, perceber as variáveis em jogo em cada situação e, dessa forma, propor um caminho certo para a promoção e a salvaguarda do interesse nacional.

Esse é, em síntese, o perfil buscado pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Em função da diversidade de atuação possível, a carreira tem essa peculiaridade de atrair jovens que buscam se tornar diplomatas com os mais diversos perfis.

Ao contrário dos concursos jurídicos, que normalmente atraem um perfil muito específico de candidatos, a carreira diplomática é ecumênica o bastante, a ponto de atrair tanto candidatos com distintos backgrounds e interesses.

3. Conclusões e outras leituras para quem quer ser um diplomata

Vimos nesse artigo, de forma bem breve, que basicamente é preciso ser aprovado no CACD e ter qualquer curso superior para ser um diplomata.

Para ir além e entender mais a fundo a carreira:

Para ir além e entender melhor sobre o background e o perfil de quem se torna diplomata:

Tem mais alguma dúvida, um comment? Conte para o Clipping aí abaixo!


  • Clipping

    Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.



Clipping

Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.

Mais Ferramentas
Conteúdo