Entrevista com Prof. João Felipe e informações sobre o Curso de Geografia

  • Clipping
    10/10/2019 . min de leitura
Entrevista Professor João Felipe Geografia

Anunciado o novo integrante do Curso Preparatório para o CACD do Clipping, no modelo “Pague o Valor Justo”: o Professor de Geografia João Felipe colocará seu arsenal pedagógico, adquirido ao longo de 17 anos de atuação especializada no CACD, à disposição dos candidatos por meio de um Curso Extensivo de Geografia que se iniciará nas próximos dias na plataforma do Clipping  no modelo “Pague o Valor Justo”.

Nesse post, apresentamos o Prof. João Felipe e o curso da seguinte forma:

  1. Conheça o Prof: Entrevista com o Prof. João Felipe
  2. Conheça o Curso: Informações sobre o Curso de Geografia Extensivo para o CACD do Clipping?

Vamos ao conteúdo! 👀👇

1. Conheça o Professor: entrevista com João Felipe

Carioca, como Villa-Lobos e Niemeyer. Botafoguense praticante, como o ex-Chanceler Luiz Alberto de Figueiredo. João Felipe atua há 17 anos na preparação para o CACD e é considerado atualmente pela comunidade CACDística o maior especialista em Geografia para preparação para o CACD. Com um domínio profundo sobre a banca do CACD, suas aulas são conhecidas pelo mapeamento pragmático e extremamente atualizado do conteúdo cobrado no CACD e pelas reflexões críticas e, muitas vezes, desconcertantes sobre as relações do homem com o Espaço geográfico. 

Amigos do Clipping, segue o  papo abaixo com o Professor João Felipe…

 

Clipping: Você iniciou sua carreira na docência em 1991, lecionando em escolas da rede municipal de Angra dos Reis, no Rio. Em 2003, você começou a preparar candidatos para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, o CACD. E mesmo após ter se tornado incontestavelmente uma das maiores autoridades na preparação para o CACD, seu compromisso pedagógico com a galera do ENEM continua… Para além do óbvio, como o nível de profundidade exigido pelas provas, quais são as diferenças entre lecionar para o vestibulando e o CACDista

João Felipe: Há uma diferença de maturidade dos alunos  por causa da idade… Mas o fato dessa garotada dos seus 16, 17, 18 anos também ter um objetivo imediato, seja ele o Enem ou algum vestibular isolado, acaba gerando uma semelhança na tensão da preparação… Obviamente, o nível absurdo de conhecimento e as múltiplas experiências de vida de diversos Cacdistas faz com que seja mais comum que eu aprenda coisas com eles do que com meus alunos vestibulandos. Por outro lado, se engana quem pensa que não aprendemos com essa garotada, não só porque alguns deles são brilhantes, com enorme potencial, mas também porque uma marca da geração atual é um conhecimento muito horizontalizado, de assuntos muito variados.

O curioso é que eu comecei a dar aulas em escolas e cursos com 21 anos e os alunos tinham 16 ou 17 anos e agora, chegando aos 50, aparentemente eu ainda não perdi a conexão com eles.

Um ponto complicado é ver a ingenuidade dessa galera, tratando o vestibular como o grande desafio da vida. Nos dias em que eu lido com esse grupo pela manhã e encontro com Cacdistas, seja presencial ou virtualmente, à tarde ou à noite, é muito angustiante ver pessoas em fases tão diferentes de certa forma compartilhando momentos de angústias e questionamentos comuns.

 

Clipping:  A comunidade do CACD foi recentemente pega de surpresa duas vezes pelo menos. Primeiramente, quando foi anunciada a troca de escalação da banca. Saiu CESPE, entrou Iades. Em seguida, quando aos 45 minutos do segundo tempo, a nova Diretora-Geral do IRBr, substituiu o nome da banca examinadora divulgada no Diário Oficial, constituindo uma nova banca composta apenas por diplomatas. Qual é sua avaliação do CACD 2019 até agora?

João Felipe: Na Geografia, por enquanto, os danos foram menores do que se anunciava, com tantas mudanças abruptas… 

A prova de 1a fase teve problemas, algumas redações muito truncadas, um gabarito muito questionável (o item sobre a definição de metrópole) mas, na média do concurso, não foi tão ruim… Foi uma prova conservadora, que teve até uma cara meio retrô, com questões, por exemplo, sobre a Rede de Influência das Cidades, o REGIC, que é do já longínquo ano de 2007…

 

Clipping: O CACD é um concurso no qual a continuidade prevalece sobre as mudanças. Uma das provas disso é que do ano de  2018 para o ano 2019 o Edital foi um “copiar + colar”, com exceção da retirada do tópico “Formação Territorial do Brasil”… O você pensou o programa pedagógico de Geografia para o Curso no Clipping? Consegue em algumas palavras dar um spoiler do que aguarda os candidatos que estarão contigo no curso, como você pensou o conteúdo, etc…

João Felipe:   Em poucas palavras, o que eu posso dizer é que a despeito do CACD ser um concurso terrível, que gera um desgaste muito grande, a ciência geográfica é fascinante e estudá-la com profundidade muda a nossa forma de ver o mundo. 

O estudo dos 7 itens do programa do CACD e seus diversos subitens permite que a consolidação desse olhar geográfico sobre vários fenômenos econômicos, sociais e ambientais. [ver ementa do Curso Extensivo de Geografia…]

 

💡 Como é o Curso de Geografia do Prof. João Felipe?

O Curso Extensivo de Geografia do Prof. João Felipe no Clipping tem como objetivo apresentar todo o conteúdo do Edital a candidatos com foco na 1ª fase do exame do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD). Esse curso é indicado para  candidatos ainda em início de preparação e, também, para candidatos intermediários ou avançados que precisam reforçar e atualizar a base de conhecimentos exigida pelo Edital. Mais informações sobre o curso em si encontram-se ao final deste post. Você navegar até lá clicando aqui

BAIXAR EMENTA

 

Clipping: Falando ainda sobre o seu curso de Geografia no Clipping…  Um dilema shakesperiano de boa parte dos candidatos que vem aderindo aos cursos preparatórios para o CACD no modelo “Pague o valor Justo” do Clipping é: qual é o valor justo por uma aula?”💀🤔Na sua visão, quais são os aspectos da rotina de trabalho de um professor para o CACD que muitas vezes não são conhecidos dos alunos e que você acredita que merecem ser levados em conta pelos candidatos …

João Felipe:  A responsabilidade de dar aulas para o concurso mais difícil do Brasil fala por si só… Os Cacdistas são muito exigentes e têm que se-lo. Professores que se especializam no CACD tem que estudar demais e muitas coisas variadas. Nós não escolhemos tema. Temos que dominar o que pode ser cobrado, gostando do assunto ou não…

Obviamente, quem dá aula há muito tempo leva alguma vantagem porque foi acumulando uma quantidade grande de informações e já viu muita coisa acontecer no concurso, o que acaba servindo de base para algumas estratégias na preparação para o CACD.

 

Clipping: Falando de Geografia e o mundo… Você viaja bastante para fora do Brasil e nesses percursos você tem por hábito sacar a câmera e improvisar in loco reflexões geográficas enfatizando a relação das pessoas do lugar com o espaço geográfico onde você está… O resultado desse trabalho são drops de conteúdo bem inusitados em que você ensina por os engarrafamentos e o  Rodoviarismo em Los Angeles enquanto dirige na autoestrada; sobre o dinamismo de Shenzen, a primeira zona econômica especial da China, ou mesmo comparando  o BRT do Rio com o “BRT do Japão”, etc. Como você vê o papel do professor em um mundo cada vez mais interconectado?

João Felipe: Há uma história  curiosa nisso. O canal “Professor João Felipe” no Youtube nasceu totalmente por acaso, sem nenhum planejamento. 

Eu e minha esposa estávamos em uma viagem de férias no Japão, em 2015 e, ao passarmos na cidade de Nagóia, eu  me lembrei de uma ridícula propaganda da prefeitura carioca que ousava comparar o transporte da cidade com o do Japão, dizendo que a opção do Rio de Janeiro pelo BRT (ônibus articulado em corredores exclusivos) era semelhante à do Japão. Fomos à estação central de Nagóia  (que era citada na tal propaganda) e diante de um mapa dos transportes de lá fizemos um vídeo com o celular, sem microfone,  nem nada, mostrando como a propaganda era absurda.

Postei o vídeo no meu facebook e um ex aluno me pediu para “abrir” para compartilhamento.

Fiz isso e fui dormir…

Quando acordamos, o vídeo estava viralizado, havia email de jornalista querendo entrevista sobre o assunto, assessoria de imprensa da prefeitura do Rio de Janeiro me convidando para conhecer a central de operações do BRT (hahahaha). No final, a propaganda foi retirada do ar.

Percebi o potencial que existia ali.

Ter a oportunidade de ir a lugares e ver fenômenos naturais e socioeconômicos sobre os quais eu dei aula nesses quase 30 anos é um grande privilégio. Fazer os vídeos é um maneira de compartilhar esse privilégio e essas experiências e, além disso, me dá o bônus de manter algum tipo de interação com pessoas que foram meus alunos 10, 15, 20 anos atrás.

 

Clipping: Você é bastante próximo do Prof. Tanguy e do Prof. Daniel Sousa, de Economia – duas figuras lendárias no universo do CACD. Com eles, você mantém uma colaboração de trabalho estreita… Recentemente lançaram junto o projeto O Mundo Hoje em que vocês tratam de temas de atualidades para ENEM de forma multidisciplinar… Já é bem conhecido o diálogo entre  Economia e Política Internacional para a compreensão do mundo contemporâneo. Mas qual é o lugar da Geografia e de seus conceitos na interpretação do mundo hoje.

João Felipe: Sou obviamente suspeito para falar, por causa da minha paixão geográfica, mas o fato é que a Geografia está na base de tudo. O grande avanço tecnológico das últimas décadas levou a uma ideia de desvalorização locacional, como se os lugares não tivessem mais importância, ou que as relações sociais, econômicas e políticas acontecessem aleatoriamente em qualquer área. 

Isso é um grande engano, um mundo integrado não quer dizer um espaço geográfico homogêneo, muito pelo contrário… as diferenciações espaciais são cada vez maiores.

Bate-bola para fechar, topa?

  • Um jogador do Botafogo⚽:

Vou ter a petulância de não escolher nem Garrincha nem Nilton Santos e colocar o Loco Abreu.

  • Uma metrópole 🌆:

Buenos Aires

  • Uma “cidade-média” 🏘️:

Matera, mas eu sou um cara das metrópoles.

  • Um” lugar” (no sentido geográfico da coisa)📍:

Lagoa Rodrigo de Freitas

  • Um Geógrofo 🌎:

Milton Santos…genial

  • Um gabarito difícil de engolir🙅‍♂️:

Em 2018, uma questão afirmava “a agricultura — para o Paraguai — e a pecuária — para o Uruguai — são as principais atividades econômicas desses países”. Usamos dados do departamento de estatísticas do Uruguai mostrando que o setor de serviços e comércio é, disparado, o maior gerador de renda naquele país. A banca manteve a afirmativa como certa…

 

2. Conheça o Curso de Extensivo de Geografia para o CACD 2020

Apresentamos abaixo uma ficha técnica com as informações pedagógicas do Curso Extensivo de Geografia para o CACD 2020 e sua respectiva ementa. Logo em seguida, apresentamos uma explicação estilo FAQ com informações mais detalhada do planejamento pedagógico e a respectiva ementa com todo o programa do curso.

 

📝 Ficha Técnica do Curso 

 

✅ Curso no modelo “Pague o Valor Justo”, cobrindo 100% do Edital;

✅ 30 aulas organizadas em 3 módulos;

✅ Videoaulas com duração de 1,5 a 2 horas de duração;

✅ Aulas ao vivo com interação com Professor;

✅ Gravações das aulas disponíveis para acesso ilimitado enquanto durar o módulo;

✅ Indicações bibliográficas e materiais complementares disponibilizados pelo Prof;

 

🙋‍♂️QUERO ME INSCREVER                👀 QUERO VER A EMENTA

 

Qual é o objetivo do Curso

O Curso Extensivo de Geografia tem como objetivo apresentar todo o conteúdo do Edital a candidatos com foco na 1ª fase do exame do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD). Esse curso é indicado para candidatos ainda em início de preparação e, também, para candidatos intermediários ou avançados que precisam reforçar e atualizar a base de conhecimentos exigida pelo Edital.

Como funciona o Curso

As videoaulas do Curso Extensivo de Geografia terão entre 1:30h a 2hs de duração. Serão ao todo 30 aulas divididas em 3 módulos. Cada módulo tem entre 8 e 10 aulas e uma unidade temática pedagogicamente definida. O Curso é 100% online.

Ao longo do curso, o Professor irá expor todo o conteúdo teórico exigido pelo Edital de forma atualizada, objetiva e com 100% foco no CACD. Materiais complementares e bibliografias serão indicadas pelo Professor em cada aula para permitir o aprofundamento nos tópicos pertinentes.  Ao final dos 3 módulos, o candidato terá adquirido todo o arcabouço teórico exigido para o CACD por meio das videoaulas expositivas, das leituras indicadas e das recomendações de materiais complementares disponibilizados pelo Professor.

Como são transmitidas as aulas

As videoaulas serão transmitidas ao vivo, de acordo com o cronograma de aulas disponibilizado na plataforma, que pode estar sujeito a alterações. A gravação das videoaulas, transmitidas ao vivo, estarão disponíveis até o fim de cada módulo para que os alunos possam assisti-las em dia e horário de sua conveniência dentro desse período.

Não há limites para a visualização das aulas gravadas dentro desse período.

Como são as interações do Prof. com os alunos

Os alunos poderão interagir com o Professor ao longo das aulas ao vivo. Para preservar o ritmo das aulas e a relevância dessas interações, um membro da equipe do Clipping ou monitor estará presente ao longo das aulas, para auxiliar na triagem de dúvidas e, em alguns casos, na mediação dessas interações.

Como funciona o modelo “Pague o Valor Justo” na plataforma do Clipping.

O Curso Extensivo de Geografia para o CACD 2020 seguirá o modelo “Pague o Valor Justo”.

Para participar do Curso, é necessário ser um assinante do Clipping. O aluno se matricula no módulo do curso dentro da plataforma do Clipping. Após a matrícula, ele assiste à primeira aula. Depois de ter assistido, ele paga o valor que considerar justo por aquela aula. Após efetuado esse pagamento, o acesso da segunda aula é liberado e assim por diante…

O valor mínimo para os  lances do Curso Extensivo de Geografia é de 15 reais.

Há outros cursos como estes com o foco no CACD 2020.

Sim, para o CACD 2020 o Clipping oferecerá cursos de todas as matérias cobradas no CACD. Os Professores e o programa de cada disciplina será apresentado conforme o cronograma abaixo:

  • Geografia (a divulgar no dia 10 de Outubro);  
  • Economia (a divulgar no dia 14 de Outubro);
  • Política Internacional (a divulgar no dia 16 de Outubro);
  • Noções de Direito Interno e Direito Internacional (a divulgar no dia 21 de Outubro);
  • História do Brasil (a divulgar no dia 23 de Outubro);
  • História Mundial (a divulgar no dia 25 de Outubro);

O Clipping também oferecerá curso de todas as línguas cobradas no concurso:

  • Língua Portuguesa (a divulgar no dia 24 de Outubro);
  • Língua Inglesa (a divulgar no dia 21 de Outubro);
  • Língua Espanhola (a divulgar no dia 22 de Outubro);
  • Língua Francesa (a divulgar no dia 23 de Outubro).

O cronograma de divulgação acima pode sofrer alterações pontuais.

Haverá curso de aprofundamento de Geografia

Sim. Haverá curso de aprofundamento de Geografia.

O curso de aprofundamento será destinado para candidatos avançados e terá como base a resolução de exercícios e aprofundamentos temáticos em pontos específicos do Edital.

As matrículas para o curso de aprofundamento de Geografia estão previstas para Dezembro.

Pode haver eventuais alterações nesse prazo de abertura para matrículas do Curso de Aprofundamento de Geografia.

Haverá curso de Segunda Fase de Geografia

Ainda não há previsão para curso de Geografia com questões discursivas.

Essa previsão deve ser atualizada após o lançamento do Edital.

 


  • Clipping

    Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.



Clipping

Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.