CACD 2017: Raio X dos aprovados no TPS

CACD: Por que algumas pessoas passam e outras não? Pela primeira vez na história do CACD é possível termos um retrato razoavelmente preciso do arquétipo do candidato aprovado. 

Ah, o Clipping está dizendo que existe fórmula mágica para a aprovação?

Não é isso. Não há ainda bola de cristal que preveja quem vai e quem não vai passar. Mas sabe aquelas perguntas do tipo: em que matérias devo investir mais? Quantas questões posso deixar em branco? Com a inestimável colaboração dos milhares de candidatos que alimentaram o clippingcacd.com.br/depoisdaprova/ com seus dados, tivemos um amostragem que permitiu ao algoritmo do Clipping cruzar dados do gabarito e desenhar, com significância estatística,  como seria o candidato com mais chances de ser aprovado no concurso do Itamaraty. O resultado você confere no infográfico abaixo que ficará livremente disponível para candidatos, cursinhos e professores. Se você gostou, por favor, compartilhe para fazermos esse conteúdo chegar mais longe.

O Cespe divulgará ainda hoje a relação das questões que tiveram gabarito modificado, mas já é possível adiantar vários números. Por exemplo, é possível dizer que o gabarito colaborativo do clippingcacd.com.br/depoisdaprova/ foi mais próximo do gabarito final do que o próprio gabarito provisório do CESPE ( resta saber em quantos %). Muito obrigado a todos que participaram.