Como é a prova da Polícia Federal

  • Clipping
    19/06/2018 . 7 min de leitura
como é a prova policia federal

Não é por um acaso que o concurso da Polícia Federal é um dos mais visados do Brasil! Salário alto, estabilidade e ação na medida certa. São muitas as pessoas que tem esse sonho de se tornar um policial federal. Porém, como diria Carlos Drummond de Andrade: “Tinha uma pedra no meio do caminho”, e às vezes essa pedra se chama “prova da polícia federal”. Dissemos “às vezes”, porque para aqueles que se preparam, a prova da PF é justamente a garantia de um emprego na Polícia Federal.

O artigo de hoje é exatamente sobre essa etapa tão importante do concurso da PF: a prova! O objetivo é te instruir sobre como é a prova e é claro, te dar algumas dicas de como ter um bom desempenho nela.

E para começar a falar da prova da PF, precisamos te alertar sobre a concorrência desse concurso…

Nível de concorrência das provas da PF

Se você já está decidido em se tornar um Policial Federal, com certeza já deve saber de algumas verdades sobre o concurso:

1 – O concurso da Polícia Federal é extremamente esperado;

2 – Os concorrentes de verdade são muito preparados e estão mergulhados nos estudos há muito tempo!

3 A concorrência é enorme mesmo.

Se você ainda tiver dúvidas a respeito do alto nível de concorrência do concurso, dá só uma olhada nos números do concurso passado (2012):

Cargo

Inscritos

Vagas

Aprovados na 1ª Etapa

Nota de Corte

Agente

107.859

500

747

62

Delegado

46.633

150

135

68

Escrivão

83.619

350

531

70

Papiloscopista

11.285

100

107

45

Sentiram a concorrência?

Mas não se assuste com números. Veja que a relação entre inscritos e aprovados é enorme! Ou seja, quem está realmente preparado representa uma porcentagem muito pequena, então faça seus pequenos esforços todos os dias pra conseguir fazer parte do grupo de futuros servidores federais. O caminho é árduo, mas o resultado vem.

Etapas das provas da Polícia Federal

Percebeu que ali na tabela acima há um campo “Aprovados na 1º fase”? Pois bem, isso está lá porque todo o processo de seleção conta com 3 etapas: A Prova Objetiva, Prova Discursiva e o Teste de Aptidão Física (TAF).

Vamos agora falar sobre o básico que você precisa saber sobre cada uma dessas etapas.

1. Prova Objetiva da Polícia Federal:

Confira algumas características da prova objetiva da Polícia Federal:

  • Composta por 120 questões sendo peso 1 para cada uma;

  • A banca avaliadora é o CESPE;

  • Modalidade CERTO ou ERRADO, em que uma alternativa errada anulará uma alternativa certa);

  • Disciplinas cobradas: Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Administração, Noções de Economia, Contabilidade, Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional, e Legislação Específica.

Vamos dar uma olhada em uma questão da última prova para agente da polícia federal para ver como a banca costuma cobrar os conhecimentos?

Acho que já deu para você entender o essencial da prova objetiva da PF, certo? Agora vamos falar um pouco da prova discursiva.

2. Prova Discursiva da Polícia Federal:

A quantidade de cada questão e o peso por cada uma delas variará de acordo com cada cargo publicado no edital. Por exemplo, para o cargo de Delegado, a última prova pediu para que o candidato respondesse 3 questões + 1 peça profissional. Cada uma tinha seu respectivo peso, que já estava contemplado no edital.

Vamos ver o exemplo de como foi a última prova dissertativa de Agente e também de Delegado?

AGENTE:

Veja que esta é uma prova que pede um conhecimento consideravelmente elevado de atualidades e também de temas históricos não tão recentes. Veja agora a diferença de cobrança da prova de Delegado:

Você conseguiu perceber, através da leitura cuidadosa, que esta questão cobra conhecimentos necessariamente jurídicos? Sim, né? Percebeu agora por que é importante estudar até rachar? Não é qualquer um que responde este tipo de questão; não só pelo que se cobra de conhecimento em Direito, mas também porque muitos candidatos não estão acostumados com o hábito de escrever. Nossa dica? Pratique!

E depois da prova discursiva, vem o tão temido Teste de Aptidão Física…

Teste de Aptidão Física da Polícia Federal (TAF)

Os candidatos aprovados para esta fase necessitam passar por um teste físico de aptidão, portanto, não basta só ficar sentado estudando… todo mundo vai ter que suar a camisa.

De acordo com o edital de 2012, o exame de aptidão física “visa avaliar a capacidade do candidato para suportar, física e organicamente, as exigências da prática de atividades físicas a que será submetido durante o Curso de Formação Profissional, para desempenhar as tarefas típicas da categoria funcional”.

Para passar no teste, você precisará realizar 4 atividades:

  • Teste de barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de corrida de 12 minutos
  • Teste da natação

O candidato será considerado apto no exame de aptidão física se, submetido a todos os testes, obtiver o desempenho mínimo de 2 (dois) pontos em cada teste e o somatório mínimo de 12 (doze) pontos no conjunto dos testes.

Para você que deseja saber em mais detalhes como funciona o TAF da Polícia Federal, estamos deixando um vídeo onde é mostrado como funcionará cada atividade no dia do teste oficial.

Como eu deveria me preparar para isso?☝️

Separando um tempo do seu dia para os exercícios físicos. Além de ser ótimo pra vida e pro desenvolvimento dos seus estudos, saúde e etc, você já vai treinando dia após dia para chegar no teste e passar sem medo!

Algumas dicas sobre como se preparar para a prova da Polícia Federal

Estude por questões

Sua MISSÃO – se você ainda não fez isso – é tentar e conseguir fazer o máximo de questões possíveis e imagináveis da banca que costuma elaborar sua prova. No nosso caso, CESPE. Nessa toada, você tem a OBRIGAÇÃO de zerar todas as questões que já caíram nas provas da PF.

“Nossa, mas todas as que já caíram?”

Sim, amigos. Ouçam bem: se vocês têm lido os nossos e outros posts sobre o concurso da PF, é porque têm ímpeto de serem aprovados, só que não são só vocês…a nação concurseira está aguardando este concurso com sangue nos olhos e não há espaço aqui para se falar de falta de motivação ou de esforço.

Se você quer ter chances mínimas de passar neste concurso (e em qualquer outro concurso, já que todos são concorridos) você não pode ser mole. Querem passar em concurso que tem 600 candidatos por cada vaga? Então estudem, amigos, porque na PF o buraco é mais embaixo!

A maioria dos candidatos de longa data e também os iniciantes usam sites que tem um extenso banco de dados de questões de todos os cargos e bancas.

É imprescindível que você utilize esses mecanismos, pois mesmo que a maioria dos sites de bancas deixem as provas disponíveis para download, você pode acabar perdido com questões que não tem a resolução disponível.

Como estudar por questões para a PRF

O ideal é fazer o seguinte: faça o download de provas anteriores para imprimir. Essa prova impressa será usada para os seus dias de simulado.

Pois bem, imprima as provas e use-as para simular o dia da prova. Para os dias regulares de estudo, é ideal que você assine um destes sites que possuem banco de dados de questões porque ali há uma extensa comunidade de estudantes que tão gentilmente postam as resoluções de questões e há também as resoluções postadas por professores. Fora isso, a maioria destes sites também tem todas as provas anteriores disponíveis, cursos, vídeos, notícias sobre concursos e muito mais. Não estude sem isso!

Feito isso, monte seu caderno – físico ou digital – com seus principais erros.

Fazendo tantas questões você verá que a banca possui uma forma de perguntar as coisas e aos poucos você pegará o jeito. Você vai ver que existem questões que sempre caem, questões que são mais fáceis e as que cobram um entendimento mais profundo. Muitos estudantes já começam a ler as questões e já sabem até o que vai ser perguntado.

Depois que você tiver um caderno de erros e também o caderno com questões que se repetem, consulte-os sempre para revisar. Assim o seu estudo estará sempre em dia.

Ah! E para você que quer se preparar, não para o concurso da Polícia Federal, mas sim para o concurso da PRF, o Clipping está com um plano de estudos completo que irá te ajudar a trilhar o melhor caminho rumo a aprovação! Não perca tempo e confira 👇

Conhecer plataforma online de estudos PRF


  • Clipping

    Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.



Clipping

Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.