Banca PRF 2018: Tudo o que você precisa saber sobre a CESPE

  • Clipping
    19/10/2018 . 7 min de leitura
banca prf 2018 cespe

Olá, amigos do Clipping, já saiu a confirmação pelo Diário Oficial da União e a Cespe será a banca do concurso da PRF 2018. Mas o que isso muda? Neste conteúdo você vai conhecer e descobrir tudo o que precisa saber sobre a banca PRF. Vamos lá!

Neste conteúdo você encontra:

  1. Publicação de Confirmação da Cespe como banca PRF 2018
  2. Previsão de quando sairá o Edital PRF 2018
  3. Por quer preciso conhecer a banca PRF?
  4. Qual é o formato da prova da Cespe?
  5. Como funciona a correção da Banca PRF?
  6. Como é a correção da prova discursiva da PRF?
  7. Como começar a estudar com as questões anteriores da prova da PRF?
  8. Ponto positivo de ser a Cespe na banca PRF?

 

Confirmada CESPE é a banca PRF 2018

De acordo com o Extrato de Dispensa de Licitação publicado no Diário Oficial da União no dia 19 de outubro de 2018, destacou a instituição para prestação de serviços técnico-especializados para a realização do concurso da PRF.

Sendo assim, com a justificativa de ser uma associação sem fins lucrativos e voltada ao ensino, pesquisa científica desenvolvimento tecnológico e institucional foi escolhido o Cebraspe (Centro brasileiro de pesquisa em avaliação e seleção e de promoção de eventos), ou Cespe.

Quando sairá o Edital PRF?

Agora que você já sabe quem será a banca do concurso da PRF 2018, deve ter uma próxima pergunta em mente: quando sairá o Edital PRF 2018?

Não há nenhum informação oficial com uma data definida para sair o edital, porém, de acordo com a Portaria publicada no dia 27 de julho deste ano, o edital poderá sair até seis meses após a publicação, isto é, até o dia 27 de janeiro de 2019. Veja abaixo no Art. 4º da portaria Nº 236:

salario policia rodoviaria federal

Por que preciso conhecer a banca do concurso?

A Banca Examinadora do concurso público é a responsável por planejar, organizar, divulgar e selecionar os candidatos que mais possuem os conhecimentos necessários para ocupar o cargo. Sendo assim, a principal função da banca é conseguir separar as pessoas qualificadas para vagas muito concorridas.

Conhecer a banca é fundamental para:

  • Entender como a prova será desenvolvida;
  • Qual é formato da prova e
  • Como funciona a correção.

Assim, conhecê-la te fará conseguir uma vantagem ao aprender na prática como fazer a prova.

📌 No Clipping você encontra Simulados mensais e minissimulados separados por tópicos do Edital baseados nas questões modelo Cespe.

Então, vamos por partes para você conhecer e entender tudo sobre a Cespe. Vamos nos basear, por enquanto, no Edital da Cespe feito para o concurso de Policial Rodoviário Federal publicado em 2013 (ano do último concurso).

Qual é formato da prova da Cespe?

A prova objetiva é constituída de itens para julgamento sendo as opções de marcação como CERTO ou ERRADO. Veja o exemplo abaixo de uma das questões do concurso da PRF de 2013.

Questão: No que concerne ao Poder Executivo e ao Poder Judiciário, julgue os itens subsecutivos.

Item 1: Compete originariamente ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgar o litígio entre Estado estrangeiro ou organismo internacional e a União, os estados ou o DF.

Item 2: Compete privativamente ao presidente da República conceder indulto e comutar penas, ouvidos, se necessário, os órgãos instituídos em lei.

Gabarito – Item 1: Errado e Item 2: Correto

Nenhuma questão vem indicando se deve responder Certo e Errado, observe como essa questão apareceu no concurso na imagem abaixo:

Haverá, na folha de respostas, (confira aqui um modelo de como é a folha de respostas modelo Cespe) para cada questão da prova dois campos de marcação: sendo o C, para as questões julgadas como certas pelo candidato, e o o E, quando julgar o item como errado.

Como funciona a correção da banca PRF?

A pergunta que não quer calar agora é: como é feita a pontuação do candidato na prova da Cespe?

Para obter pontuação em uma questão, o candidato tem que escolher apenas uma opção, sendo certo e errado. Aqueles que marcarem dois campos na folha de respostas terão a questão sem pontuação.

Cada uma das questões da prova objetiva valerá 1 ponto, se o candidato responder em conformidade com o gabarito definitivo, receberá um ponto, caso contrário perderá 1 ponto. Caso o candidato não marque nenhuma alternativa ou faça uma marcação dupla, de C e E ao mesmo tempo, não ganhará nenhum ponto.

A nota em cada prova objetiva da PRF, então, será a soma das notas obtidas pelo candidato sendo:

  • Questões certas (+1): a cada uma questão certa, o candidato ganha um ponto.
  • Questões erradas (-1): a cada uma questão errada, o candidato perde um ponto.

No último concurso da PRF, de 2013, foram 120 pontos distribuídos na prova objetiva.

Vamos supor que um candidato tenha respondido em acordo com o gabarito oficial 80 questões. Tenha errado 30 e deixado 10 em branco. No total ele conseguiria: 50 pontos na prova.

Sendo: + 80 questões certas – 30 questões erradas = 50 pontos

Fique de olho na hora de preencher as respostas das questões

É preciso ter uma enorme atenção do candidato na hora de transcrever as respostas  das questões da prova objetiva da PRF para a folha de respostas. Isso porque, além de ser o único documento válido para a correção das provas, não haverá a substituição da folha de respostas por motivo de erro do candidato. Fique de olho!

Sem contar que esse preenchimento é de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento errado na folha. Vale lembrar que não serão pontuadas as questões que vierem com alguma marcação rasurada ou emendada ou campo de marcação não preenchido integralmente pelo candidato. Isso acontece principalmente porque o processo de correção é feito por meio de processamento eletrônico.

Como é a correção da prova discursiva da PRF?

No último concurso da PRF, a prova discursiva teve um total de 20 pontos. A prova era uma redação de um texto dissertativo de até 30 linhas.

Confira o que é avaliado o conteúdo na prova discursiva da PRF:

  • Avaliação sobre o conhecimento do tema,
  • A capacidade de expressão na modalidade escrita e
  • o uso das normas do registro formal culto da língua portuguesa.

Confira as informações, retiradas do Edital 2013 da PRF, sobre quais são os critérios de correção das provas discursivas:

  • A apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada ao valor de 20,00 pontos;
  • A avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos tais como: grafia/acentuação, pontuação/morfossintaxe, propriedade vocabular;
  • Será computado o número total de linhas (TL) efetivamente escritas pelo candidato;
  • Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima de 30 linhas;
  • Será calculada, então, para cada candidato, a nota na prova discursiva (NPD), como sendo igual a NC menos duas vezes o resultado do quociente NE / TL. Se NPD for menor que zero, então considerar-se-á NPD = zero.

Vale lembrar que será eliminado do concurso público o candidato que obtiver NPD inferior a 10 pontos. 

Como começar a estudar com as questões anteriores da PRF?

Agora que você já sabe muito mais sobre a banca da Cespe, chegou o momento de se aprofundar nas questões de provas anteriores realizadas pela banca. Assim você pegará mais prática em responder e chegará mais preparado no dia da prova.

Um bom começo é fazer o Simulado da PRF feito pelo Clipping. Você pode baixar o simulado PRF gratuitamente aqui (ou clicando na imagem abaixo).

📌Vale ressaltar que os assinantes do Clipping possuem acesso facilitado aos comentários de todas as questões.

Ponto positivo de ser a banca Cespe para a PRF 2018

Quem já estava se preparando para a PRF se baseando no edital de 2013 do concurso da PRF deve ter ficado aliviado com a notícia da banca ser a Cespe. Isso porque no último concurso essa também foi a banca avaliadora. Sendo assim, pode ser que não aconteça uma mudança brusca com relação ao conteúdo e estilo da prova, como aconteceu com a PF.

Mas sempre há possibilidade de mudança de tópicos que caem no edital, por isso, fique de olho no blog do Clipping que sempre traremos novidades sobre o concurso por aqui.

Espero que tenha gostado do conteúdo de hoje e tenha entendido melhor como é a prova da PRF realizada pela Cespe.

Bons estudos e não se esqueça de conhecer a nova área do Clipping focada exclusivamente na preparação para a PRF.

Comente abaixo o que você gostaria de saber sobre as provas da Cespe.


  • Clipping

    Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.



Clipping

Uma plataforma de estudos capaz de te ajudar a estudar com autonomia, através de planos de estudo, roteiros de leitura, mapas mentais, resumos e simulados.

PRF

Como entrar na PRF?...

  • Clipping
    15 min de leitura
Mais Ferramentas
Conteúdo