– Marianna Bruck – 

Aprovada no concurso de 2016

– Douglas Nascimento – 

Aprovado no concurso de 2016

– Jonathas Silveira – 

Aprovado no concurso de 2016

Untitled design (1)O Clipping CACD foi uma ferramenta essencial para minha aprovação. Sua seleção de notícias da imprensa nacional e internacional de maneira voltada para a preparação do concurso me ajudou a economizar muito tempo e dinheiro. Com o valor de assinatura equivalente a um jornal nacional, tem-se acesso a artigos de renomados veículos estrangeiros, como a Foreign Affairs e a Economist, que são fundamentais para a preparação em diversas matérias do concurso, como política internacional e direito internacional. Além de sua seleção diária de notícias, o Clipping possui outras ferramentas muito úteis, como a compilação dos sites do MRE e do MDIC, além de e-books feitos por professores contendo a bibliografia recomendada para cada matéria. Dessa forma, devo muito da minha aprovação ao Clipping e recomendo fortemente sua assinatura aos aspirantes à carreira diplomática.

– Lucas Andrade Aguiar – 

Aprovado em 7° lugar no concurso de 2016

Untitled design (2)Sou assinante do Clipping há um ano e a experiência tem sido ótima e muito eficiente até agora. Eu havia ouvido falar do Clipping, pela primeira vez, em uma conversa com uma colega sobre atualidades.

Eu era assinante do Estado de São Paulo e da The Economist, além de ler alguns artigos da Revista Brasileira de Política Externa. Embora eu achasse que a qualidade das matérias que eu lia todos os dias era suficiente, fui positivamente surpreendida depois que assinei o Clipping. Era muito desgastante ler todos os dias a seção internacional inteira do Estadão e a The Economist toda semana. Com o Clipping, não apenas o meu filtro de notícias que são de fato relevantes para o concurso foi revolucionado, mas também o escopo de jornais internacionais foi um ganho muito positivo. Graças ao Clipping, posso ler outras fontes, como o Le Monde e o El País, que não apenas trazem conhecimento, mas também ajudam a manter o contato com francês e espanhol. Isso sem contar o corte de gastos, porque manter todas essas assinaturas e nem sempre conseguir aproveitá-las tem um peso grande no bolso. Em termos práticos, minha nota de Política Internacional dobrou depois de assinar o Clipping e fiquei muito satisfeita de ver que apenas uma horinha de leitura todos os dias teve um impacto tão grande no TPS.

Além disso, para quem já tem um caderno mais avançado e completo de PI (e de outras matérias também – como Geografia e Direito), vale a pena completar e atualizar as informações com as conferências recentes, pronunciamentos do MRE, etc. Na minha opinião, esse é o pacote de benefícios básico oferecido pelo Clipping. Quando eu comecei a assinar, esses ganhos eram os esperados, mas o que eu não contava era com as outras ferramentas do Clipping, que são sensacionais e que passei a conhecer só depois que assinei. A iniciativa da Plataforma de Questões é, para mim, revolucionária, porque ter aquelas duas questões tratando de acontecimentos relevantes da semana anterior nos moldes do TPS é um treinamento constante. O fichador também é ótimo para guardar notícias relevantes e rever à véspera da prova, para completar o caderno, assim como os Discursos Oficiais. Acredito que a equipe do Clipping fez um trabalho excelente no atendimento de várias das necessidades dos candidatos. Sejam iniciantes ou avançados, todos têm espaço e vantagens nos serviços oferecidos. Obrigada, Clipping! 🙂

– Marina Uyeda – 

 

Untitled design (6)Assinar o Clipping foi um das boas escolhas que fiz ao iniciar meus estudos para o CACD. Acredito que para todo iniciante qualquer orientação nos estudos é bem vinda. Então, imagine receber essa orientação de quem realmente entende a prova? É excelente! O Clipping é uma plataforma bem descomplicada de se usar, em nenhum momento eu me sentia perdida no site. Dos itens que mais me agradavam no Clipping estavam as opções para pesquisar os conteúdos por meio das tags, onde eu podia selecionar aquela temática que eu tinha interesse em ler no momento; sem contar com os E-books que dão um norte muito bom para quem tá começando. Além disso, depois de alguns meses de preparação achei a opção do Edital Esquematizado fantástica! Eu podia ter total controle do que eu tava estudando, do meu desempenho e, acima de tudo, eu estava sempre organizada. Eu sou fã do Edital Esquematizado! O edital do CACD é extenso e exige muito cuidado de quem está se preparando para prova, eu tinha receio em acabar negligenciando alguns assuntos por desconhecimento, mas o Clipping foi fundamental para me ajudar nesse quesito. E o melhor, é saber que tem sempre alguém disponível para tirar suas dúvidas nos chats e até lembretes de assuntos ou temáticas relevantes. Isso fez com que eu me sentisse bem orientada nos estudos. Sem dúvidas, eu recomendo o Clipping!

 – Morgana Cadó –

Sou formado em Direito pela UERJ e confesso que desde meus tempos de colégio sempre almejei a carreira diplomática. O caminho é difícil até lá, não tenho a menor dúvida. Todavia, depois de me estabilizar no emprego e poder arcar sozinho com todos os custos que envolvem a caminhada rumo ao Rio Branco, decidi efetivamente iniciar minha preparação. Bom, superada essa breve introdução pessoal ater-me-ei ao ponto central desse breve depoimento: O papel do Clipping.

Conheci o Clipping CACD através de um amigo que, assim como eu, sempre alimentou o sonho da carreira diplomática. Não sabia naquele momento que o Clipping era tudo que eu precisava para focar minha preparação para o CACD. O clipping diário me permite obter novos dados, consolidar informações relevantes e além de tudo, poupa um tempo incrivelmente precioso que seria gasto na filtragem e leitura de conteúdos, caso tentasse fazer o mesmo processo por conta própria. O conteúdo é enriquecedor, bastante orientado para as provas e recentemente passou a incluir leituras em francês e espanhol, algo essencial na preparação. Os discursos oficiais separados por temas são uma verdadeira benção, pois auxiliam no domínio de temas complexos, bem como na melhor compreensão da linguagem específica da carreira diplomática. Como se apenas o clipping em si já não fosse merecedor do valor da assinatura, eles ainda oferecem um serviço de indicações bibliográficas, planejamento de estudo, análise de material, ou seja, um sonho para quem trabalha e detém poucas horas para estudar durante a semana. Sinceramente, tudo que eu escrevi nesse breve texto é pouco comparado ao papel que o Clipping CACD exerce na preparação, sou fã incondicional do trabalho de toda equipe (Arthur já deve estar cansado de tanto que eu mando mensagem pra ele), o atendimento, o cuidado e a qualidade do conteúdo é algo inacreditável. Parabéns pelo trabalho de todos os envolvidos nesse projeto, eu tenho certeza que será essencial na minha aprovação! Sinto-me parte disso e pretendo sempre contribuir no que puder para tornar o Clipping ainda melhor!

– Filipe B. –

Untitled design (4)O Clipping CACD é fundamental na preparação para esse concurso. Ademais de ele trazer a Bibliografia oficiosa do Clio, que tem sua eficácia mais que comprovada ao longo dos anos, brinda-nos com a seção Clippings: EXCELENTE! Seu conteúdo é EXATO! ENXUTA seleção diária de artigos e notícias publicados por jornais, revistas e organismos de comunicação privados, governamentais, não governamentais, nacionais, internacionais, em diferentes idiomas – português, espanhol, inglês e francês. Essencial para as provas das diferentes fases e disciplinas do concurso. Também, temos as seções Discurso Oficial, Notas do Itamaraty, Dados de Comércio, Guias de Estudo. Sabe aquela canseira e "correria" para atualizar-se nos sites de Ministérios, sobretudo no MRE e no MDIC? O que está acontecendo? O que discursaram? Qual a estatística? Essa dificuldade acabou! Está tudo ali, no Clipping CACD, estrategicamente selecionado, condensado, aquilo que realmente é importante, o que as bancas do CESPE e das demais fases do CACD cobram do candidato!

 – Júlio Nascimento –

Untitled design (5)Sou assinante do Clipping CACD há pouco mais de um ano. Durante esse período, vi o Clipping passar por diversas mudanças e tornar-se, cada vez mais, um instrumento essencial na preparação do candidato ao Concurso de Admissão à Carreira Diplomática. Poderia escrever à exaustão as funcionalidades do Clipping, desde o que se refere às ferramentas de que ajudam na organização dos estudos até às matérias de publicação diária. Por questão de tempo e espaço, vou-me restringir aos Clippings propriamente ditos. Os clippings são seleções de notícias não casuais, realmente, muito bem escolhidas. Posso afirmar que elas ajudam, de fato, na formação geral do candidato. No caso de PI e História Geral, por exemplo, muitas vezes, estudo os temas dessas disciplinas com conhecimentos prévios oferecidos pelas matérias lidas. Obviamente, minha leitura não é casual. Faço um recorte do acredito ser importante, como conceitos, organizações internacionais, fatos históricos. Para isso, utilizo o fichador presente no próprio aplicativo. No caso de Inglês, leio as matérias com muito cuidado e atenção. Minha preocupação é retirar o conhecimento importante para as provas de PI e gravar vocabulário para a tradução e a versão da terceira fase. Para finalizar, estou querendo organizar melhor meus estudos e aproveitar bem as Bibliografias CACD. Espero, com todo o esforço que estou fazendo, em breve, ser mais um dos aprovados no concurso. Quando isso acontecer, vou agradecer 'também' ao Clipping CACD pela ajuda. Desejo bons estudos aos colegas! 

 

 

 

 – Sávio Garcez –