Como Estudar em Casa? 12 Dicas Indispensáveis!

  • Pedro Soares
    Pedro Soares
    07/05/2020 . min de leitura
12 dicas para estudar em casa

Estudar no conforto de casa em alto rendimento é uma necessidade para quem se prepara para concursos das mais diversas áreas. 

Não é diferente para aqueles que desejam realizar prova do CACD, uma das mais concorridas do Brasil. 

Mais do que uma necessidade, essa condição é uma realidade que, muitas vezes, não oferece outras alternativas. Sobretudo para você que deseja seguir a carreira de diplomata.

Por isso, é importante saber como estudar em casa mantendo uma rotina saudável, que te qualifique para essas provas e mantendo uma produtividade alta. 

E nem sempre é fácil manter esse hábito no conforto do lar. Na verdade, é um grande desafio. 

Por isso, preparamos 12 dicas para você que busca ter uma jornada eficiente de estudo em casa.

Este conteúdo está estruturado da seguinte forma:

Os desafios de se estudar em casa

12 Dicas de como estudar em casa

  1. Reserve um espaço em casa só para estudar
  2. Estipule sua rotina e se mantenha fiel a ela
  3. Saiba qual o seu horário mais produtivo
  4. Elimine distrações
  5. Intercale temas
  6. Tenha metas 
  7. Faça resumos
  8. Construa Mapas mentais
  9. Faça simulados
  10. Busque o auxílio de ferramentas online
  11. Tenha recompensas
  12. Alimentação e atividade física

Dicas bônus!

Os desafios de se estudar em casa

Antes de falar das dicas, é necessário dizer quais são os principais desafios de como aprender a estudar em casa. 

Afinal, você deve saber que não é fácil aliar uma rotina de estudos frenéticos e de alto rendimento às atividades de casa. Ainda mais se você divide o espaço com outras pessoas – família, amigos…

Por isso, o primeiro dos desafios em aprender de casa é aliar a rotina de estudos com as suas obrigações no lar. 

Uma boa maneira de se fazer isso é entrar em acordo com os horários para essas tarefas com as demais pessoas de sua casa, de modo que seja compatível com a rotina de cada um. 

Como nem sempre o horário de todos batem, estipule atividades individuais e que a tarefa seja cumprida na hora que cada um puder. 

Se você mora sozinho, esse desafio é menor, mas ele ainda é necessário. Tenha horários fixos diários para cumprir com essas obrigações. Afinal, a louça não se limpa sozinha (infelizmente).

Outro grande desafio ao estudar em casa é a internet. Ela é a sua ferramenta principal e ter qualidade no acesso é fundamental. 

Uma conexão ruim pode atrapalhar a concentração, atrasar suas metas e dificultar a experiência em uma aula online, por exemplo.

Então, esteja certo de que sua internet será realmente uma aliada, não um obstáculo para se conseguir estudar de casa. 

Um grande desafio também é a autodisciplina. Nos estudos em geral, é sempre fundamental a figura de um orientador ou um professor para que você tenha a quem “prestar contas” de seu dia. 

Em casa, é você consigo mesmo. 

Por isso, exercitar a autodisciplina é muito importante! Mas, cuide para ela não se transformar em uma cobrança exagerada pelo estudo. 

Então, cobre-se dentro de uma rotina, mas não se esqueça de outras atividades, como o descanso e as de casa. 

12 Dicas de como estudar em casa

Diante de todos esses desafios, como estudar de casa de maneira eficiente então? 

A boa notícia é que não existe nenhum mistério nisso, na verdade é possível alcançar esse objetivo de maneira simples e bem prática. Por isso, acompanhe essas 12 dicas para estudar em casa que preparamos para você.

1. Reserve um espaço em casa só para estudar

Estudar em casa não significa estudar em qualquer lugar ou cada dia em um cômodo diferente. Pelo contrário. 

É preciso se ter um espaço bem definido e que seja o seu local de estudo e nada mais. Pode ser dentro do seu quarto, desde que tenha uma mesa que caiba tudo o que você precisa para aprender. 

Aliás, nesse espaço, você precisa ter por perto todo tipo de objeto para desenvolver seus estudos: livros, cadernos, agenda, canetas e lápis. Tudo, realmente. 

Lembre-se de mantê-lo limpo e organizado: a bagunça e a falta de organização são dois dos maiores obstáculos para um alto rendimento no aprendizado. 

2. Estipule sua rotina e se mantenha fiel a ela

Por falar em organização, a tenha também em sua rotina. Planeja-se sobre quais conteúdos que você deve estudar, as atividades que deseja fazer. Isso ajuda a administrar melhor seu tempo sem se esquecer de nenhuma matéria.

Determine tudo isso com antecedência e encaixe em seu dia de maneira prática e de forma eficiente – nada de encher o calendário com planos que serão impossíveis de realizar.

Se você é daqueles que não dispõem de tempo integral para os estudos, avalie usar dias do final de semana, mas nada que o impeça de descansar. Seja razoável nesse sentido também. 

3. Saiba qual o seu horário mais produtivo

Cada um tem aquele horário, ou turno, que é mais produtivo. E isso varia. 

Muitos adoram a manhã e outros funcionam melhor à noite. Não há uma cartilha para isso a não ser a sua própria avaliação. 

Apenas lembre-se que esse horário deve levar em conta suas necessidades básicas, como alimentação e sono. Muitos, adoram estudar de madrugada. Tudo bem. Mas é necessário dormir um mínimo possível – algo em torno de seis a oito horas

4. Elimine distrações

Essa dica está muito relacionada à anterior, mas vale um tópico só para si. 

A distração impede um alto rendimento nos estudos e quebra toda a produtividade do dia. Por isso, resista às redes sociais, ao celular e aos vídeos fofos de gatinhos na internet. 

Desligue seu smartphone ou o mantenha afastado. Entre na internet apenas para acessar conteúdos que sejam efetivamente para seu melhor desempenho. 

5. Intercale temas

A sua rotina de estudos em casa precisa abranger temas diferentes. É um erro dedicar um dia inteiro para apenas uma matéria. 

Priorizar um conteúdo no dia, e apenas a ele, pode fazer sua mente ficar fatigada e, em alguma hora, ela processará no modo “automático” absorvendo pouco do que é estudado. 

Portanto, coloque mais do que uma disciplina para estudar em um dia. Isso te ajuda a  absorver melhor o que você aprende.

Se possível, pratique a interdisciplinaridade, desdobrando um conteúdo em diversas matérias e estimulando ainda mais a mente. 

6. Tenha metas 

Como estudar em casa, ou em qualquer lugar, sem ter uma meta muito bem definida? 

Você precisa ter objetivos para o seu dia. Assim, ao chegar ao final dele, você experimenta o sentimento gratificante de ter vencido mais uma etapa, algo que te ajuda a seguir firme na jornada de estudos.

Essas metas devem estar de acordo com o seu ritmo diário e obedecer o que você é capaz de produzir. E claro, lembrando sempre de outras dicas que já demos aqui, como o de não estudar apenas uma matéria por dia. 

7. Faça resumos

A técnica é muito conhecida por quem já estuda em casa. E é, de fato, um ótimo meio para se absorver o que é consumido. 

O resumo te permite não apenas se concentrar mais ainda no conteúdo, como será um material de fácil acesso para futuras revisões

Cada pessoa tem a sua própria maneira de fazer um. Algumas preferem escrever em forma de tópicos, outras descrevem em suas palavras aquilo que lê ou assiste. 

Independentemente de como você faça o seu, tenha em mente que o resumo será um ótimo material para estudo e que pode, ainda, economizar tempo para revisar um conteúdo. 

8. Construa Mapas mentais

Para saber como estudar em casa, é preciso não apenas ter uma técnica de aprendizado, mas algumas. 

E um meio muito eficaz para organizar ideias é o mapa mental. Com ele, você conecta um tema central a outros e as relaciona de uma maneira lógica e que te garanta a compreensão interligada a vários conceitos. 

Ele consiste em criar ramificações de um tema central a outros conceitos que se conectem, criando um robusto mapa. 

Diferente do resumo, principalmente aquele em tópico, aqui você pode criar um pensamento não linear, permitindo que as ideias “flutuem” entre si.

Para criar um, você pode usar diferentes cores de canetas ou lápis, dependerá apenas da sua criatividade e de sua lógica.  

9. Faça simulados

Essa dica é básica. Realizar simulados não só permite que você estude vários conteúdos em um teste, como também te treina para a hora de realizar um concurso. 

A dica é buscar por materiais antigos (mas não tanto) das bancas em que você fará determinado concurso. 

Realize os testes sem consultas e respeitando o mesmo tempo imposto pelo caderno e se concentre de verdade para realizá-los. 

Ao corrigir, se aprofunde naquelas que você teve mais dificuldade. Isso te permitirá conhecer quais são os temas em que você precisa focar mais. 

10. Busque o auxílio de ferramentas online

A internet é uma ótima aliada para ajudar o estudo em casa. E ela está repleta de ferramentas que te ajuda a se organizar, a estabelecer uma rotina e aumentar sua produtividade.

Algumas plataformas como o Trello ou o Asana, permitem que você crie calendários de estudo ou lista de matérias para se estudar ao longo de um período. 

Em cada tarefa, você pode ir anotando e criando “lembretes” para uma próxima aula. 

Elas permitem também que você armazene seus resumos e acesse de qualquer outro lugar. 

Além dessas plataformas, existem ainda sites que te ajudam a encontrar provas e a discutir questões em uma espécie de fórum. 

E por fim, algumas técnicas que permitem aumentar a produtividade, como o Pomodoro, uma ferramenta que consiste em controlar um tempo determinado para o estudo e um outro para o descanso. Aliás, ela é bem conhecido e você já deve ter ouvido falar, certo? 

11. Tenha recompensas

Atingiu uma meta? Ficou um tempo por conta só de estudar sem se distrair. Recompense-se!

Isso ajudará a encarar o estudo em casa como algo prazeroso e não uma mera obrigação. Deixará sua rotina mais dinâmica e com a sensação de vitória conquistada a cada meta batida. 

Essa recompensa pode ser o que você quiser, desde uma guloseima até mesmo 10 minutos no WhatsApp, por exemplo. 

Tem que ser algo que você goste e que te distraia por um tempo, até para ajudar o cérebro a descansar! 

12. Alimentação e atividade física

Todo mundo sabe que a rotina de quem se dedica a aprender em casa é extenuante. Mas isso não deve ser uma desculpa para relaxar com certos cuidados com o corpo. 

A alimentação e a atividade física, além de serem fundamentais para a nossa saúde, ajudam o corpo a se manter para um ritmo frenético de estudos. 

Além disso, comidas balanceadas e o exercício físico, possibilitam a criação de hormônios que te dão prazer, a ter uma mente sadia e uma condição básica para se manter horas em estudo. 

Não abra mão (mesmo!) da boa alimentação e dessas atividade. Pratique uma corrida ou uma caminhada diariamente. Tenha horários definidos para se alimentar. E não se esqueça de beber água. 

Além de sua saúde como um todo, o seu cérebro entenderá esses momentos como uma folga dos estudos e isso também é bom.

Dicas bônus!

Saber como estudar em casa requer sim uma enorme disciplina e essas dicas que demos até aqui serão, com certeza, valiosas para o seu dia a dia de aprendizado.

Mas existem outras tantas que podem contribuir muito ainda. Por isso, veja outras sugestões que podem ajudar em seus estudos:

  • Leia em voz alta para ajudar na absorção do conteúdo;
  • Tenha conforto e garanta ergonomia para as horas de estudos;
  • Garanta uma iluminação em seu ambiente que não force suas vistas; 
  • Faça com que seu ambiente seja arejado o suficiente para manter uma temperatura fresca – nem tanto calor, nem tanto frio;
  • Escute músicas ao ler, de preferência a músicas instrumentais ou alguma que você ainda não conheça. 

São muitas as dicas que te ajudarão a se concentrar e a ter um melhor rendimento em casa. Seja para a prova de CACD ou outro concurso, ter aplicação e disciplina nos estudos serão um diferencial para uma performance vitoriosa! 

Essa é, talvez, a maior das sugestões que se possa dar. 

Se além de saber como estudar você quer entender melhor o estudo para concursos, sugerimos fortemente a leitura do post: “Como Estudar para Concurso Público do Zero?” .

Por isso, não abra mão de, sim, se empenhar e encontrar as melhores formas de construir uma rotina que a ajude a saber como estudar em casa. 

Mas, diga pra gente: você tem alguma sugestão? Qual a sua maneira de estudar em casa? O que você já fez para conseguir um maior desempenho de estudos em seu lar?

Conte para a nossa comunidade aqui nos comentários e ajude quem ainda não encontrou o ritmo! 

E não deixe de assinar o Clipping para ter os melhores conteúdos para quem quer passar em um dos mais desafiadores concursos do Brasil. 


  • Pedro Soares
    Pedro Soares

    Pedro é estudante de Administração e atua nos times de Marketing e Comercial do Clipping!


Pedro Soares
Pedro Soares

Pedro é estudante de Administração e atua nos times de Marketing e Comercial do Clipping!